Fale Conosco
  Newsletter
  Revista Classe Magazine
 
O Portal de Notícias do Circuito das Frutas e RMC
   

Busca de Notícias

Publicidade
Clube do Interior
O Portal de Compras da Região! (19) 7806-2493
Remo Imóveis
(19) 3826-3000
Recanto do Sossego
Pousada em Louveira
(19)3878-4012
(19)9351-2272
MC Car
Serviços Automotivos Nacionais e Importados
Pazim Imóveis
Nós temos o imóvel sob medida para você!
Grupo Crivelaro
Automóveis multimarcas na região de Jundiaí
Engetax - Elevadores
(19) 3778-1366
Comentários
Prefeitura lavando o terraço do centro a semana toda
não foi a prefeitura de Louveira que notifi...

A Saúde de Louveira está doente
Estive no P.A na semana passada com dores n...

Berçário Ana Maria descaso com bebes.
No dia10/02 irão inaugurar no Jd Ana Maria,...

Falta segurança!
Bairro do Capivari, estrada Atílio biscuola...

Deixe aqui o seu comentário
Classificados
Anuncie aqui! Grátis
Cidades
Outras Cidades
Nossos Parceiros
Outros Canais

Notícia

25/10/2010 - Colunistas

Cura caseira

Por Clóvis Mazzali


 


Antigamente, a medicina deixava muito a desejar na cura de várias doenças ou mesmo nos pequenos males que afetam a saúde do ser humano. Diante disso, os meios usados eram através de remédios e métodos caseiros e que, alias, até hoje são empregados, pelos mais idosos, os quais acreditam também em benzeduras.


Vamos então a alguns deles.


Para gripe era comum ingerir caipirinha ou conhaque, se isso resolvia eu não sei, mas que deixava o paciente bêbado era certo. Essa receita  vem desde os tempos de Noé, o homem da arca.


Cura da conjuntivite era feita através da água fresca com pétalas de rosa e muita oração e Santa Luzia, protetora desse órgão.


Para curar dor de cabeça cortava-se batata em rodelas, colocando-se sobre a testa,  presas com um pedaço de pano. Não sei se dilatava o que esta comprimido dentro da cabeça ou comprimia o que estava dilatado. Acompanhando esse processo, terço na mão e muitas orações a nossa Senhora das cabeças.


No tratamento de garganta inflamada era recomendado, gargarejo com água, sal e vinagre pedindo preces a São Braz, protetor desse órgão.


Cura interessante era para queda de cabelo. Colocava-se bosta de vaca na cabeça logo após o animal ter evacuado, portanto quentinha - talvez algum esperto imaginou que isso surtisse o mesmo efeito como nas verduras plantadas. O Santo que protege o couro cabeludo, não sei se existe, talvez Sansão se tivesse sido canonizado.


Para hemorróidas recomenda-se banho de assento com folhas tenras de mamona, essa terapia a conselho a quem sofre desse mal, pois é tiro e queda. Qual seria o Santo protetor desse órgão? Acredito que nenhum deles se habilitou ainda. Pobre infeliz sempre desprezado.


Para impotência sexual ou seja pênis dormido, era comum tomar garapa com uma pequena dose de urina de cavalo. As vezes isso provocava  disenteria. Quem seria o guardião desse órgão?


Outro método para bigolo mole era o seguinte: pegava-se couro de cobra, levavá-se ao forno para ser torrado, adicionando  mel  ao mesmo. Entretanto isso podia ter resultado contrário.


A verdade é uma só: Quando entramos em desespero, topamos qualquer negócio.


                                                          


Política


Como pode o Brasil crescer com essa máquina pública que consome a metade do que produzimos e, aquilo que se sobra, é mal aplicado, ou seja, distribuído entre  ministérios e secretarias?


 


Piadas


 Um policial de plantão atendeu o telefone e foi anotando o pedido de socorro.


 - Por favor mandem alguém urgente, entrou um gato em casa! E ele está caminhando em minha direção.


Mas como assim? Você queria dizer um ladrão? Não! Porra!


- Estou falando de um gato mesmo, desses que fazem miau, cacete.


- Mas o que tem de mais um gato na sua direção?


- Ele vai me matar, puta que pariu! E vocês serão os culpados!


- Quem está falando?


- O papagaiooo...


 


Conselho amigo


 O cara telefona para um médico amigo, apavorado:


- Você não imagina que desgraça, doutor... Meu filho de 15 anos está com gonorréia .


- Calma, hoje em dia isso tem cura com algumas doses de antibióticos. É só não deixar o garoto transar com mais ninguém!


- Pois é, aconteceu  que ele andou dando umas com a empregada!


- Então é bom avisar a coitada, que vai ter que se tratar também... - diz o médico.


- Pois é, doutor, acontece que eu também dei uns pulinhos lá no quarto da empregada!


- Então o senhor também vai ter que se tratar.


- O pior é que depois disso andei transando com minha mulher!


- Porra cara, tu também é foda hein? Agora eu é que vou me tratar.


 

Fonte: Folha Notícias

 Voltar

Folha Noticias - O Site de Notícias do Circuito das Frutas e RMC - Copyright© 2010
FolhaNotícias - Folha Jornais e Produtos
Telefones: 0800-772-3004 / (19) 3948-5388 / (19) 3848-1952